• Notícias

Profissionais de enfermagem se destacam no Prêmio Inova Saúde 2019

Entre os 36 projetos vencedores do 4º Prêmio Inova Saúde, promovido pelo Instituto de Estudos em Saúde Coletiva (Inesco), cinco profissionais de enfermagem se destacaram. A premiação aconteceu no encerramento da 5ª Mostra Paranaense de Pesquisas em Saúde, em Londrina, na sexta-feira, dia 12.

Para a presidente do Conselho Regional de Enfermagem, Simone Peruzzo, o resultado reflete a natureza dos profissionais de enfermagem em buscar aperfeiçoamento constante. “Na pesquisa do perfil da enfermagem, realizada em parceria entre Cofen e Fiocruz, esse é um ponto que se destaca. Os profissionais de enfermagem permanecem se qualificando durante sua vida profissional e inovam ao adotar novas formas de atuação”, explicou.

Ao todo, foram apresentados 365 trabalhos e 36 premiados. Um deles é o projeto que está sendo desenvolvido em Astorga, no distrito de Içara, em parceria com a Enfermeira Paolla Furlan Roveri, mestranda na Universidade Estadual de Maringá (UEM). O projeto “O Uso de Mobile Health na Atenção Primária à Saúde: um aplicativo criado pelo enfermeiro” alcançou o segundo lugar no eixo Tecnologia e Inovação. Seu principal objetivo é o desenvolvimento de um aplicativo para ser utilizado pelos Agentes Comunitários de Saúde durante a visita domiciliar para o recém-nascido, já em fase de teste em Içara.

No eixo Epidemiologia e Vigilância em Saúde foram premiadas as enfermeiras Simone Henkes, da Prefeitura Municipal de Almirante Tamandaré, e Merari Gomes de Souza, da Secretaria Estadual da Saúde. Simone recebeu o 2º lugar com o projeto “Descentralização dos Testes Rápidos para as Unidades Básicas de Saúde do Município de Almirante Tamandaré/PR”. Já Merari foi a 3ª colocada com o trabalho “Perfil Epidemiológico da Mortalidade por Suicídio na Categoria de Enfermagem no Paraná”.

Leandro Lopes Gibson Alves, da Universidade da Amazônia (UNAMA), recebeu o primeiro lugar no eixo Modelos, Redes de Atenção e Gestão do Cuidado em Saúde pelo trabalho “Educação Permanente: sua influência na utilização das técnicas assépticas na passagem e manipulação de cateteres vesicais de demora pela equipe de enfermagem”.

O quinto trabalho da enfermagem que recebeu premiação foi o de Renata Morais Alves, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU Londrina. Com o tema “O cotidiano laboral do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência sob o olhar do enfermeiro”, Renata recebeu o terceiro lugar na modalidade Política e Gestão em Saúde.

O Coren/PR parabeniza os premiados e incentiva que um maior número de profissionais inscreva trabalhos em congressos, mostras e seminários. “É uma forma de difundir conhecimentos e experiências que podem inspirar colegas e impactar positivamente na vida da população”, estimula Simone.

 

Postado em Notícias

Imprimir Email

Copyright © 2015 Coren/PR. Todos os direitos reservados.
Customizado por DTI/ASCOM do Coren/PR.